Vermelho amargo, livro de Bartolomeu Campos de Queirós

Vermelho amargo


R$ 31,92
preço de capa: R$ 39,90
economia de: R$ 7,98 (20%)
editora: COSACNAIFY
Esgotado, mas podemos checar na editora o prazo para reimpressão e em 48h entramos em contato informando-lhe. Que tal? Deixe seu email:
  • YNARI, livro de Ondjaki

    YNARI

    Ondjaki

    R$ 39,90
    R$ 29,93


  • A mulher calada - Sylvia Plath, Ted Hughes e os limites da biografia, livro de Janet Malcolm

    A mulher calada - Sylvia Plath, Ted Hughes e os limites da biografia

    Janet Malcolm

    R$ 32,90
    R$ 24,68


  • Tudo (e mais um pouco) - Poesia reunida (1971-2016), livro de Chacal

    Tudo (e mais um pouco) - Poesia reunida (1971-2016)

    Chacal

    R$ 45,00
    R$ 36,90


  • Os sertões (edição crítica comemorativa), livro de Euclides da Cunha

    Os sertões (edição crítica comemorativa)

    Euclides da Cunha

    R$ 149,00
    R$ 115,07


  • Sul, livro de Veronica Stigger

    Sul

    Veronica Stigger

    R$ 35,00
    R$ 28,70


  • Vida e Morte de M. J. Gonzaga de Sá, livro de Lima Barreto

    Vida e Morte de M. J. Gonzaga de Sá

    Lima Barreto

    R$ 39,80
    R$ 32,64


  • Paraisópolis. Caminhos de vida e morte, livro de José Marques Sarmento

    Paraisópolis. Caminhos de vida e morte

    José Marques Sarmento

    R$ 22,50
    R$ 19,13


Descrição
O primeiro livro pela Cosac Naify de um dos maiores expoentes da literatura infantojuvenil brasileira não poderia ser mais um. Vermelho amargo revela uma face diferente do escritor Bartolomeu Campos de Queirós, e o insere definitivamente na literatura brasileira, para além de classificações. Um narrador em primeira pessoa revisita a dolorosa infância, marcada pela ausência da mãe substituída por uma madrasta indiferente. Vemos os irmãos, filhos de um pai que não larga o álcool e de uma madrasta que serve em todas as refeições fatias cada vez mais finas de tomate, desenvolverem diversas anomalias para tentar suprir a ausência de afeto e a saudade da mãe: um come vidro, a outra não larga as agulhas e o ponto cruz. Numa espécie de contagem regressiva, o narrador observa seus irmãos mais velhos irem embora de casa. A prosa memorialística vale a pena, no entanto: afinal, "esquecer é desexistir, é não ter havido".

Neste depoimento de inspiração autobiográfica, a prosa poética de Bartolomeu é dolorosamente bela. Como ele mesmo coloca na epígrafe, foi preciso deitar o vermelho sobre papel branco para bem aliviar o seu amargor. Uma obra delicada como arame farpado, nas palavras do diretor teatral Gabriel Villela, que assina o texto de quarta capa.

Dados Técnicos
Peso: 150g
ISBN: 9788575039625
Google Books Preview
Resenhas





A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann