A Janela de Esquina do Meu Primo, livro de E. T. A. Hoffmann

A Janela de Esquina do Meu Primo


R$ 45,00
Fora de estoque, mas podemos checar na editora o prazo para reimpressão e em 48h entramos em contato informando-lhe. Que tal? Deixe seu email:
editora: COSACNAIFY
  • O espelho e a lâmpada - Teoria romântica e tradição crítica, livro de M. H. Abrams

    O espelho e a lâmpada - Teoria romântica e tradição crítica

    M. H. Abrams

    R$ 80,00
    R$ 65,60


  • Quebra-Nozes & Camundongo Rei (Capa dura), livro de E. T. A. Hoffmann

    Quebra-Nozes & Camundongo Rei (Capa dura)

    E. T. A. Hoffmann

    R$ 49,00
    R$ 38,71


  • Conversas de Refugiados, livro de Bertolt Brecht

    Conversas de Refugiados

    Bertolt Brecht

    R$ 45,00
    R$ 36,90


  • A montanha mágica, livro de Thomas Mann

    A montanha mágica

    Thomas Mann

    R$ 89,90
    R$ 67,43


  • O centauro bronco. da novela Der Schimmelreiter (1888), livro de Theodor Storm

    O centauro bronco. da novela Der Schimmelreiter (1888)

    Theodor Storm

    R$ 50,00
    R$ 40,00


Descrição
Ilustração: Daniel Bueno
Tradução: Maria Aparecida Barbosa
Posfácio: Marcus Mazzari
Quarta capa: Modesto Carone
Apoio: Instituto Goethe de São Paulo

Inédito em português, o conto A janela de esquina do meu primo tem caráter autobiográfico e narra a história de um escritor inválido, preso em seu pequeno apartamento de esquina, cuja única abertura para o mundo é uma janela de onde ele observa toda a praça. Ao receber a visita de seu primo, os dois descrevem minuciosamente os tipos que frequentam e fazem suas compras na feira semanal na Gendarmenmarkt, principal praça de Berlim. Com olhar perspicaz e narrativa cinematográfica, o autor antecipa as questões urbanísticas e sociais das grandes metrópoles.

A edição inclui posfácio de Marcus Mazzari, que ressalta a obra como reveladora de questões primordiais para as sociedades modernas, e quarta capa de Modesto Carone, que situa o conto como uma das obras-primas de Hoffmann, responsável por introduzir o conceito de multidão na literatura ocidental, influenciando autores como Edgard Alan Poe, em O homem da multidão, e Baudelaire, em seus poemas sobre Paris. O projeto gráfico traz ilustrações de Daniel Bueno, em colagens que recriam imagens de época e aparecem também recortadas nas margens do livro, como uma janela que se abre para a praça.

Dados Técnicos
Peso: 240g
ISBN: 9788575038901


Google Books Preview
Resenhas
resenha:  Conversa na janela, por Thiago Blumenthal [trópico]
Busca por Artigos d'O Benedito
Book GlyphNo século de Luis XIV
...cartaz do polonês Julian Palka, 1955. E.T.A.Hoffmann (1776-1822) é o mais expressivo escritor romântico alemão. Conhecido sobretudo pelo caráter fantástico de sua literatura, com A senhorita de ...


Book GlyphMultidão – parte II
...A multidão, profícuo conceito, encontrou repercussão também quando aplicado à literatura, à psicanálise e à história. Em todas as áreas, há um embate com a autonomia, a subjetividade e a pr...


Book GlyphArte andarilha
...“[…] o único caminho possível numa discussão teórica seja talvez limitar-se a refletir sobre como as obras e os mitos se perseguem, tangenciando-se até em seus aspectos mais prosaicos, pe...






A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.

Política de troca e devolução: produtos vendidos e enviados pela Livraria 30porcento podem ser devolvidos em até 30 dias após o recebimento do pedido. Para receber o reembolso total, os produtos devolvidos devem estar em condições de novo. Produtos com defeito podem ser devolvidos no prazo de garantia legal solicitados por email em até 30 dias.


Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> AUTONOMIA LITERÁRIA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUFPA
> EDUSP
> ELEFANTE
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann