Lembranças de 1848: as jornadas revolucionárias em Paris, livro de Alexis de Tocqueville

Lembranças de 1848: as jornadas revolucionárias em Paris


R$ 26,18
preço de capa: R$ 34,90
economia de: R$ 8,73 (25%)
   adicionar ao carrinho
assunto:
condição: Livro novo
prazo: Sob encomenda. Envio em 2 dias úteis + frete (grátis nas compras acima de R$149 para todo o Brasil)
  • O antigo regime e a revolução, livro de Alexis de Tocqueville

    O antigo regime e a revolução

    Alexis de Tocqueville

    R$ 54,90
    R$ 38,43


  • A História, livro de François Dosse

    A História

    François Dosse

    R$ 58,00
    R$ 40,60


  • Como Se Faz Uma Tese, livro de Umberto Eco

    Como Se Faz Uma Tese

    Umberto Eco

    R$ 45,00
    R$ 31,50


  • O Alufá Rufino - Tráfico, escravidão e liberdade no Atlântico Negro (c. 1822-c. 1853), livro de João José Reis, Flávio dos Santos Gomes, Marcus Joaquim de Carvalho

    O Alufá Rufino - Tráfico, escravidão e liberdade no Atlântico Negro (c. 1822-c. 1853)

    João José Reis, Flávio dos Santos Gomes, Marcus Joaq

    R$ 69,90
    R$ 52,43


  • Testemunha ocular - O uso de imagens como evidência histórica, livro de Peter Burke

    Testemunha ocular - O uso de imagens como evidência histórica

    Peter Burke

    R$ 58,00
    R$ 40,60


  • Grandes Economistas, Os, livro de Drouin, Jean-Claude

    Grandes Economistas, Os

    Drouin, Jean-Claude

    R$ 42,00
    R$ 33,60


  • O universalismo europeu, livro de Immanuel Wallerstein

    O universalismo europeu

    Immanuel Wallerstein

    R$ 35,00
    R$ 24,50


Descrição
Tradução de Modesto Florenzano
Coleção: Penguin

O ano é 1848. Ao longo de um inverno particularmente rigoroso, agitações políticas e sociais espalham-se pela França. A população de Paris, centro nevrálgico da monarquia, subleva-se no final de fevereiro, forçando a abdicação e a fuga do rei Luís Filipe. Contudo, uma forte reação conservadora logo se impõe no governo republicano e na nova Assembleia Constituinte. No mês de junho, dezenas de milhares de operários levantam barricadas na primeira revolução socialista moderna, cuja repressão implacável resulta na morte de quase 5 mil pessoas.

Em Lembranças de 1848, Alexis de Tocqueville oferece à posteridade seu testemunho daquele momento crucial da história da França e de toda a Europa, reconstituindo com vividez os fatos e personagens do drama revolucionário desde seu ponto de vista de cidadão, deputado e ministro do “partido da ordem” (como Marx denominou as forças reacionárias de então). Com a franqueza que apenas o compromisso com as gerações futuras pode proporcionar, o autor retrata o emaranhado de facções em luta pelo poder durante a Segunda República sem se deixar iludir pelo olhar enviesado de membro de uma aristocrática família, e denuncia com irônica lucidez o artificialismo e a teatralidade da política.

Sobre o autor

Alexis de Tocqueville nasceu em 1805 e morreu em 1859. Proprietário rural, membro da classe dominante francesa, foi ministro e deputado. Suas duas obras-primas - A democracia na América (1835-1840) e O Antigo Regime e a Revolução (1856) - revelam a um só tempo o sociólogo, o historiador e o pensador político capaz de desvendar estruturas político-sociais com extrema argúcia e originalidade.

Dados Técnicos
Peso: 374g
ISBN: 9788563560261
Google Books Preview
Resenhas
resenha:  Memórias políticas, por Fabio Silvestre Cardoso [jornal rascunho]




A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.



Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUSP
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TODAVIA
> TORDESILHAS
> UBU EDITORA
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann