Nômade - Do islã para a América, livro de Ayaan Hirsi Ali

Nômade - Do islã para a América


R$ 39,68
preço de capa: R$ 52,90
economia de: R$ 13,23 (25%)
   adicionar ao carrinho
condição: Livro novo
prazo: Sob encomenda. Envio em 2 dias úteis + frete (grátis nas compras acima de R$149 para todo o Brasil)
  • Navegação de cabotagem – Apontamentos para um livro de memórias que jamais escreverei, livro de Jorge Amado

    Navegação de cabotagem – Apontamentos para um livro de memórias que jamais escreverei

    Jorge Amado

    R$ 89,90
    R$ 67,43


  • MEIO SOL AMARELO, livro de Chimamanda Ngozi Adichie

    MEIO SOL AMARELO

    Chimamanda Ngozi Adichie

    R$ 52,90
    R$ 39,68


  • A VIRGEM NA JAULA, livro de Ayaan Hirsi Ali

    A VIRGEM NA JAULA

    Ayaan Hirsi Ali

    R$ 44,90
    R$ 33,68


  • MIGUEL STREET, livro de V. S. Naipaul

    MIGUEL STREET

    V. S. Naipaul

    R$ 52,90
    R$ 39,68


  • 100 fotografias: Juan Rulfo, livro de Juan Rulfo

    100 fotografias: Juan Rulfo

    Juan Rulfo

    R$ 123,00
    R$ 98,40


Descrição
Tradução de Augusto Pacheco Calil

Ayaan Hirsi Ali atraiu atenção mundial com o livro de memórias Infiel, que ficou 31 semanas na lista de best-sellers do New York Times e conta sua infância e adolescência na Somália, na Arábia Saudita, na Etiópia e no Quênia sob o rigor do islamismo, até chegar à Holanda, onde se tornou uma das principais críticas do islã e defensora dos direitos das mulheres. Agora, em Nômade, ela narra sua mudança para os Estados Unidos em busca de uma nova vida, longe dos islamitas europeus que a ameaçaram de morte.

Nesta história da transição da vida tribal à cidadania plena em uma democracia ocidental, Ayaan relata as reviravoltas em sua vida após o rompimento com a família, que a renegou quando ela renunciou ao islã depois do Onze de Setembro. De forma comovente, a escritora somali relata sua reconciliação com a mãe e os primos, e com o pai no leito de morte.

Nômade é o retrato de uma família dilacerada pelo choque de civilizações, mas também é um relato sensível, otimista e muitas vezes divertido da descoberta dos Estados Unidos por uma mulher que teme que o país esteja repetindo o erro europeu de subestimar o islã radical. Ayaan convoca instituições ocidentais - como o movimento feminista e as igrejas cristãs - a pôr em prática ações para ajudar outros imigrantes muçulmanos a superar os obstáculos que ela vivenciou em sua assimilação à sociedade ocidental e a resistir à sedução do fundamentalismo.

Uma celebração da liberdade de expressão e dos valores democráticos, o mais recente livro de Ayaan Hirsi Ali representa o amadurecimento intelectual da escritora. É também uma importante contribuição para a história das ideias e, acima de tudo, um chamado à ação.

Sobre o autor

Ayaan Hirsi Ali nasceu em Mogadíscio, capital da Somália, em 1969. Em 1992, exilou-se na Holanda, onde foi eleita deputada em 2003. Ameaçada de morte, foi obrigada a abandonar a Europa e vive atualmente nos Estados Unidos. Em 2005, a revista Time a incluiu entre as cem pessoas mais influentes do mundo.

Dados Técnicos
Peso: 471g
ISBN: 9788535919356
Google Books Preview
Resenhas




A 30PorCento é uma livraria virtual cuja missão principal é potencializar, através dos livros, a renovação do pensamento crítico brasíleiro. Oferecemos livros com desconto em todo nosso catálogo.

Frete: além do Sedex e das entregas de Bicicleta, utilizamos também uma categoria especial e econômica para postagem de livros no correio chamada Impresso com Registro Módico, cujo preço é fixo, por peso, para qualquer cidade do Brasil.



Link para a revista literária O Benedito.

> 7LETRAS
> ALEPH
> ALFAGUARA
> AMARILYS
> ANNABLUME
> ATELIE
> AUTENTICA
> BEM-TE-VI
> BIBLIOTECA AZUL
> BLUCHER
> BOITEMPO
> CARAMBAIA
> COMPANHIA DAS LETRAS
> CORTEZ
> COSACNAIFY
> DISCURSO EDITORIAL
> EDIÇÕES LOYOLA
> EDIPRO
> EDITORA 34
> EDITORA UFRJ
> EDITORA UFV
> EDIÇÕES 70
> EDUEL
> EDUEM
> EDUERJ
> EDUSP
> ESTAÇÃO LIBERDADE
> EXPRESSÃO POPULAR
> GLOBAL
> HEDRA
> HUMANITAS
> ILUMINURAS
> INSTITUTO MOREIRA SALLES
> INSTITUTO PIAGET
> MANOLE
> MARTINS FONTES
> MERCADO DE LETRAS
> MUNDARÉU
> NOVA ALEXANDRIA
> NOVA FRONTEIRA
> MUSA
> OCTAVO
> PALAS ATHENA
> PAZ E TERRA
> PERSPECTIVA
> PONTES
> RADIO LONDRES
> SENAC
> SESC SP
> TINTA DA CHINA
> TORDESILHAS
> UNESP
> UNICAMP
> VOZES
> WMF MARTINS FONTES
> ZAHAR
+ editoras




Blog Não Gosto de Plágio - a polêmica do plágio de traduções literárias no Brasil, por Denise Bottmann