Cartas a um jovem poeta, livro de Rainer Maria Rilke

Cartas a um jovem poeta

editora: GLOBO
assunto:
Este volume apresenta duas das obras mais conhecidas de Rainer Maria Rilke. Cartas a um Jovem Poeta, com tradução de Paulo Rónai, nome de relevante projeção nos meios literários brasileiros, compõe-se de uma série de dez cartas, escritas entre 1903 e 1908, endereçadas ao jovem Franz Xaver Kappus, indeciso entre seguir a carreira militar e a literária. Como afirma Cecília Meireles, a autora do prefácio, "... as respostas de Rilke não oferecem a Kappus uma receita literária, embora digam coisas essenciais sobre o exercício da literatura. [As cartas] vão mais longe: tratam da formação... [Leia mais]
Descrição
Este volume apresenta duas das obras mais conhecidas de Rainer Maria Rilke. Cartas a um Jovem Poeta, com tradução de Paulo Rónai, nome de relevante projeção nos meios literários brasileiros, compõe-se de uma série de dez cartas, escritas entre 1903 e 1908, endereçadas ao jovem Franz Xaver Kappus, indeciso entre seguir a carreira militar e a literária. Como afirma Cecília Meireles, a autora do prefácio, "... as respostas de Rilke não oferecem a Kappus uma receita literária, embora digam coisas essenciais sobre o exercício da literatura. [As cartas] vão mais longe: tratam da formação humana, base de toda criação artística." A outra obra incluída no presente volume é A Canção de Amor e de Morte do Porta-Estandarte Cristóvão Rilke, com tradução de Cecília Meireles, nome maior das nossas letras. Poema escrito de uma só vez numa noite de 1899, logo alcançou extraordinária fama em toda Europa e América.

A história do livro. Em junho de 1929, três anos após a morte de Rainer Maria Rilke, Kappus decidiu publicar dez cartas que recebera do poeta em um momento decisivo de sua vida e que poderiam ser úteis a outros jovens, vivendo os conflitos e as incertezas da idade. "De literatura, propriamente, pouco falam as cartas", escreve Cecília Meireles, "O resto é muito mais importante, uma vez que a parte formal da arte acaba sempre por se realizar, quando atrás dela há uma imposição total de vida transbordante."

Dados Técnicos
Peso: 190g
ISBN: 9788525033734
Resenhas
resenha:  O artista que ilude, por Nathan Matos [literatura br]